Primeiros passos com bengala exigem reconhecer as próprias limitações para ir mais longe

#PraTodosVerem Mão segura uma bengala branca. A ponta do instrumento encosta no primeiro de três degraus. Ao fundo, um gramado e pequeno jardim (arquivo pessoal)

Quando conheci a Vera Felippe, minha professora de orientação e mobilidade, estava esperando que ela me ensinasse uma estratégia eficiente que me permitisse usar a visão parcial que ainda tinha para me locomover com segurança. Aprenderia movimentos rápidos de olhos e pescoço para uma varredura completa do ambiente a cada instante e estaria pronto para […]

Leia Mais

Aplicativo da Microsoft funciona como bússola sonora para indicar o caminho

Homem branco e calvo segura uma bengala com a mão direita em frente à faixa de pedestre e olha para o outro lado da rua, onde há táxis amarelos enfileirados (Sara Krulwich/The New York Times)

Conforme minha visão foi diminuindo e enxergar o nome das ruas e, depois, as próprias placas se tornou impossível, me perder na hora de experimentar um caminho novo virou da rotina. Foi para ter um aplicativo de GPS, e não para conversar pelo WhatsApp, que abri mão do velho celular com teclado e finalmente passei […]

Leia Mais

Gentileza e empatia tornam a vida mais segura e ajudam a vender pão

Em um balcão de mármore com vitrine de vidro, três andares de prateleiras expõe variados tipos de pães; na parte superior, há baguetes e vasos de flores (Divulgação/Zan Pan)

Eu poderia contar o número de dias que passamos em quarentena em broas de milho. Se em algo tenho sorte na vida é morar há menos de 100 metros de uma padaria chamada Sol. Além das minhas broas, temos à disposição um cardápio de PFs para o almoço, pizzas, frango de televisão e até sopas […]

Leia Mais